Publicado em 30/11/-0001 às 00:00:00 - Atualizado em 30/11/-0001 ás 00:00:00

 

Prefeitura de Itaquaquecetuba retira casas construídas em área irregular

 

A Prefeitura de Itaquaquecetuba iniciou nesta sexta-feira, 5, a demolição de 22 casas construídas no bairro Marengo Baixo que estavam em uma área irregular. Os moradores já haviam se mudado do local após terem sido contemplados no Conjunto Lebani, empreendimento entregue em dezembro.

A ação contou com a participação das secretarias de Obras, Habitação, Planejamento, Segurança, Serviços Urbanos e da Defesa Civil. O objetivo é impedir novas ocupações do espaço, que sofre com alagamentos em épocas chuvosas.

Ao todo foram 240 famílias residentes em áreas de risco contempladas no Lebani, melhorando as condições de vida destas pessoas.

O secretário de Habitação, Roberto Kimura, disse que a medida é necessária para se evitar novas invasões nestas áreas.

“A Prefeitura faz a demolição para prevenir que outras pessoas ocupem esses imóveis localizados em áreas de risco, essa medida tem surtido efeito e está sendo benéfica para as famílias e para a administração”, comentou.

Kimura também fez um alerta sobre a onda de boatos que está acontecendo na cidade sobre inscrições para moradias, segundo o secretário algumas pessoas andam espalhando que a Prefeitura está dando oportunidade de novas moradias neste mês.

“Quero deixar bem claro que as inscrições para novos empreendimentos ainda não foram abertas, quando isso acontecer iremos divulgar de forma ampla, pessoas irresponsáveis estão espalhando boatos não sei com qual objetivo” disse o secretário.

Foram entregues em 2017 mais de 1.400 moradias para moradores de Itaquaquecetuba nos conjuntos Pinheirinho e Lebani.