Publicado em 27/04/2016 às 07:01:07 - Atualizado em 27/04/2016 ás 07:01:07

 

Vigilância Sanitária de Itaquaquecetuba interdita casa de repouso irregular

 

Vigilância Sanitária de Itaquaquecetuba interdita casa de repouso irregular

Após uma denúncia de maus-tratos, a Vigilância Sanitária de Itaquaquecetuba interditou nesta quinta-feira (26 de abril) uma casa de repouso irregular no Veraneio Maracanã. De acordo com o órgão, a instituição não possuía alvará de funcionamento e nem a estrutura necessária para realizar o atendimento adequado aos idosos que se encontravam no imóvel instalado na Estrada da Terra Roxa.

Pelo menos 11 idosos estavam no local durante a ação da Vigilância Sanitária em conjunto com a equipe do delegado Francisco Del Puente. Três idosos acamados foram encontrados bem debilitados e sem qualquer condição mínima de higiene.

Além disso, os fiscais afirmaram que os medicamentos não são armazenados da forma ideal e na casa não era feito nenhum tipo de controle em relação às medicações oferecidas aos idosos.

Também foi constatado o uso de água de poço sem qualquer tipo de tratamento, entre outras irregularidades como rachaduras no teto, infiltrações e a falta de um acompanhamento nutricional.

Segundo o diretor da Vigilância Sanitária, Edmilson Silva Gonçalves, o proprietário do local foi notificado e terá 5 dias para fazer contato com as famílias e solicitar a remoção dos idosos da casa.

“O imóvel não apresenta nenhuma condição de acessibilidade e nem estrutura adequada para atender pessoas com mais de 60 anos e mobilidade reduzida ou necessidades especiais. Conversamos com o proprietário e os idosos deverão ser removidos o mais rápido possível”, determinou.

Ainda de acordo com o diretor da Vigilância Sanitária do município, o proprietário da casa de repouso confessou que a instituição funcionava em Arujá e mudou recentemente para Itaquaquecetuba depois de ter sido fechada na cidade vizinha.  O Boletim de Ocorrência foi registrado na Delegacia Central. O Conselho Municipal do Idoso e a Secretaria de Desenvolvimento Social serão acionados pela Vigilância para ajudar na remoção dos idosos do local.