Publicado em 30/11/-0001 às 00:00:00 - Atualizado em 30/11/-0001 ás 00:00:00

 

Prefeitura de Itaquá abre vagas para o curso “Promotoras Legais”

 

Estão abertas desde segunda-feira (3 de julho) as inscrições para o curso “Promotoras Legais Populares”. A capacitação é voltada para mulheres do município, com foco na formação de lideranças, em assuntos de cidadania, protagonismo, gênero e política. A iniciativa é da Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, juntamente com a Defensoria Pública do Estado de São Paulo (unidade Itaquá) e do Centro Tereza de Benguela de Promotoras Legais Populares da cidade.
A novidade este ano é que para participar basta ter a idade mínima de 16 anos - e não mais 18 como no ano passado -, e preencher uma ficha de inscrição na Casa dos Conselhos (Av. Presidente Tancredo Neves, número 169 – Bairro da Estação), apresentando cópias do RG, CPF e comprovante de residência.
O curso é totalmente gratuito e as inscrições podem ser feitas até o dia 31 de julho. Ao todo estão disponíveis 90 vagas, que serão preenchidas por ordem de chegada caso a procura seja grande.
De acordo com a primeira dama e secretária de Políticas para Mulheres de Itaquaquecetuba, Joerly Nakashima, o curso abordará temas como direitos, cidadania, empreendedorismo, tal como o empoderamento feminino.
O objetivo do curso é promover o acesso à informação e formação de mulheres em sobre seus direitos como cidadã e, sobretudo dar subsídios para auxiliá-las a enfrentar situações de violência doméstica. “Uma das premissas dessa capacitação é tornar as mulheres capazes de tomar iniciativas no sentido do acesso à justiça e a defesa dos seus direitos”, afirmou Joerly, que é também secretária municipal de Desenvolvimento Social e assume a presidência do Fundo Social de Solidariedade.
A metodologia da capacitação inclui aulas práticas e teóricas, incluindo exercícios em grupo, roda de conversa, e visitas a centros de referência da mulher, delegacias especializadas, Assembleia Legislativa, entre outros.
As aulas acontecem sempre aos sábados, das 9h às 13 horas. O curso terá início no dia 5 de agosto e segue até o dia 2 de junho de 2018, na Defensoria Pública de Itaquaquecetuba (Rua Vereador José Barbosa de Araújo, 317 – Vila Virgínia). Ao final da capacitação todas as participantes receberão certificados.