Publicado em 30/11/-0001 às 00:00:00 - Atualizado em 30/11/-0001 ás 00:00:00

 

Crianças da rede municipal participam de palestras de combate à proliferação de ratos

 

Crianças da rede municipal participam de palestras de combate à proliferação de ratos

 

Os alunos da rede municipal de ensino têm participado de palestras educativas com o objetivo de estimular a população a adotar práticas que dificultem a instalação e proliferação de roedores, por meio da educação, conscientização e formação de agentes multiplicadores de informação.
A iniciativa comandada pela Prefeitura de Itaquaquecetuba é desenvolvida por meio de uma parceria do Centro de Controle de Zoonoses (Secretaria de Saúde) com a Escola Municipal Ambiental-EMA (Secretaria de Educação).
Cerca de 200 crianças passaram pelo Centro de Controle de Zoonoses de Itaquaquecetuba para receber orientações sobre o tema. Só nesta quarta-feira (10 de maio) pelo menos 30 alunos do 5º ano da Emef Prefeito Benedito Barbosa de Moraes receberam informações sobre leptospirose e controle de roedores.
“Durante esse passeio educativo ao Centro de Zoonoses as crianças recebem orientações de como diminuir as condições que facilitam a reprodução e permanência de ratos e também como reduzir a incidência dos casos da doença provocada por ele”, explicou a diretora do CCZ Alessandra Elizabete Bonfim.
CONCURSO Recentemente, a Prefeitura de Itaquaquecetuba lançou o concurso de frases “Xô Rato”, para alunos do 3º, 4º e 5º anos das escolas da rede municipal.
Todos os alunos desses períodos deverão criar uma frase que estimule a população a adotar práticas que dificultem a instalação e proliferação de roedores, com a redução de oferta de acesso, alimento, água e abrigo, os chamados quatro As.
Ao final do concurso, os melhores trabalhos serão premiados em uma cerimônia a ser realizada no dia 14 de junho, no auditório da Secretaria de Educação. De acordo com a secretária de Educação, Verônica Cosmo Barbosa, o concurso estimulará “práticas eficientes e conscientes em relação à saúde e ao meio ambiente, que farão com que nossas crianças atuem como agentes multiplicadores em suas famílias e comunidade”.