Publicado em 13/12/2016 às 05:15:36 - Atualizado em 13/12/2016 ás 05:15:36

 

Mamoru prestigia formatura de 1.200 alunos da Casa Aberta e Fundo Social de Itaquá

 

Mamoru prestigia formatura de 1.200 alunos da Casa Aberta e Fundo Social de Itaquá

Pouco mais de 1.200 alunos se formaram pelos cursos profissionalizantes de geração de renda, oferecidos pela Prefeitura de Itaquaquecetua (por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social) e pelo Fundo Social de Solidariedade. Os eventos foram realizados no Centro Esportivo Municipal de Itaquaquecetua (CEMI), em duas oportunidades, uma na sexta-feira (09) à noite e a outra no sábado (10) à tarde. Nas duas ocasiões, o prefeito Dr. Mamoru Nakashima estava presente ao lado da sua esposa, Joerly Nakashima, que além de primeira dama é também presidente do Fundo Social e secretária de Desenvolvimento Social.

Durante as cerimônias de formatura, o gestor municipal fez questão de cumprimentar todos os alunos e parabenizá-los pela conquista. O prefeito também destacou a importância das oficinas de geração de renda do projeto Casa Aberta para Juventude e Adultos, bem como do Fundo Social. 

Para Mamoru as oficinas profissionalizantes propiciam a possibilidade das pessoas se tornarem empreendedoras. “Faz com que elas gerem a própria renda, criem vagas de emprego, e consequentemente contribuam com o crescimento da economia do município”, afirmou o prefeito.

Na solenidade de sexta-feira (09) aproximadamente 700 formandos da Casa Aberta, que concluíram a capacitação das oficinas de corte e costura, manicure, depilação, cabeleireiro e barbearia, maquiagem, panificação e pintura em tecido, receberam certificados pela conclusão do curso.

No sábado foi à vez de pouco mais de 500 alunos das turmas de corte e costura, artesanato, pintura em tecido, designer de sobrancelha e depilação, manicure, maquiagem e padaria artesanal se formarem pelo Fundo Social.

A Casa Aberta e o Fundo Social trabalham em parceria com projetos sociais que tem como objetivo oferecer gratuitamente oficinas pré-profissionalizantes para pessoas de baixa renda residentes do município. Os projetos são norteados pelo objetivo de apoiar as unidades de proteção social básica, especial de trabalho à família e a comunidade de Itaquaquecetuba, promovendo apoio técnico e qualificação socioprofissional, na perspectiva da inclusão produtiva, da autonomia, na inclusão social e no resgate a dignidade humana.